domingo, 9 de setembro de 2012

Exposição: 'Mutantes', composições digitais de Eurico Coelho


Em Setembro, no La Bohème.

Cinema no La Bohème: programação de Setembro // Clube de Cinema despede-se do La Bohème


O Clube de Cinema de Setúbal regressa em Setembro para se despedir do bar-galeria La Bohème, onde se tem apresentado desde 2010. De forma mais informal, entre um café e uma bebida, o Clube de Cinema apresentou em quase dois anos mais de 60 filmes, apresentou alguns filmes em estreia nacional e recebeu a visita de vários convidados ilustres durante esta sua estadia no La Bohéme.
Assim, Setembro servirá para homenagear e agradecer pela hospitalidade durante este período. A programação andará à volta de uma certa ideia de boémia, aproveitando ainda para prestar um último tributo à memória do realizador Tony Scott, que desapareceu este mês. Os filmes ocorrem todas as quartas-feira, pelas 22horas, com entrada gratuita.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Exposição "Olhares de Bolso", por Airam

Em Junho, no La bohème.

Cinema no La Bohème: programação de Junho // Homenagem a Fernando Lopes


O Clube de Cinema de Setúbal vai homenagear em Junho o realizador português, Fernando Lopes. Figura-chave do novo cinema nacional, Fernando Lopes desapareceu em Maio último, aos 76 anos de idade, deixando uma obra repleta de títulos marcantes da cinematografia portuguesa.


Assim, o Clube de Cinema vai exibir Belarmino, o filme que mudou a face do cinema português em 1964, e O delfim, adaptado do romance homónimo de José Cardoso Pires. As sessões decorrem como habitualmente no La Bohéme, sempre a partir das 22horas e com entrada gratuita. Este mês será um ciclo reduzido devido ao festival FUMO, que ocupará as restantes quartas e quintas feiras de Junho.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Cinema no La Bohème: programação de Fevereiro // Histórias de Amor... Alternativas

Fevereiro é o mês conotado invariavelmente com o amor, ou não fosse o 14 de Fevereiro o dia dos namorados. E este ano o Clube de Cinema de Setúbal também foi atacado pela seta certeira do Cupido. Contudo, a nossa programação já nos habituou a ser pouco convencional e a sair dos moldes e, por isso, preparem-se para algumas histórias de amor... alternativas.
Fevereiro é assim dedicado a algumas das melhores histórias de amor mais... diferentes... da história do cinema, de Almodóvar a Lynch. As sessões são à quarta-feira, com entrada gratuita, no bar-galeria La Bohéme.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Cinema no La Bohème: programação de Janeiro // 4 Filmes de 2011 que não viu...

... porque não estrearam em Portugal.

Ano novo, vida nova, diz o adágio. No entanto, existem coisas que não mudam, como a programação regular do Clube de Cinema de Setúbal e a sua qualidade. Neste arranque de 2012, continuamos a exibir todas as quartas-feiras filmes, curtas e documentários no bar-galeria La Bohéme, sempre a partir das 22h. E, claro está, com entrada gratuita.
Normalmente, esta altura do ano serve para recordar os melhores do ano que entretanto termina. Mas como não quisemos estar a repetir títulos, optámos por um ciclo diferente: 4 filmes de 2011 que provavelmente não viu porque, por qualquer razão obscura, não chegaram às salas nacionais. O mercado de distribuição de filmes nas salas portuguesas desafia qualquer lógica e, portanto, aqui vai uma bela oportunidade para descobrir quatro belos filmes.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Cinema no La Bohème: Novembro é mês de Jim Jarmusch


O Clube de Cinema de Setúbal dedica o mês de Novembro ao cineasta americano, Jim Jarmusch. O pretexto é a exibição do documentário “Meio metro de pedra”, de Eduardo Morais, cujo autor confessou ter sido influenciado pelo gosto de Jarmusch pela contracultura. De facto, Jarmusch não é só o mais europeu dos realizadores norte-americanos; é também um enorme pára-raios de cultura underground, que contamina constantemente o seu trabalho, seja através de referências mais ou menos obscuras a discos ou a filmes, a inclusão de músicos conhecidos como actores ou a abordagem de temas comuns nas suas histórias.
Contudo, o grande destaque deste mês de Novembro é mesmo “Meio metro de Pedra”, o documentário sobre o rock’n’roll português desde os anos 60 até aos dias de hoje, que conta com uma série de cabeças falantes bem conhecidas: dos ícoens Victor Gomes e Daniel Bacelar aos colossos Adolfo Luxúria Canibal, . O filme acaba de estrear e está a fazer uma digressão nacional cheia de datas e é com muito orgulho que o exibimos, na nossa capelinha, em Novembro.